O Comité de Acompanhamento para os Balcãs Ocidentais

This page is also available in

O Comité de Acompanhamento para os Balcãs Ocidentais foi criado em 2004 para acompanhar a evolução política, económica e social nos países dos Balcãs Ocidentais (nomeadamente aqueles com os quais não foram instituídos órgãos bilaterais conjuntos da sociedade civil) e incentivar o desenvolvimento da sociedade civil e a consolidação da democracia na região. É composto por membros do CESE e reúne, no máximo, quatro vezes por ano, na UE ou na região, com o objetivo de consultar os responsáveis políticos e os agentes da sociedade civil.

As prioridades do Comité de Acompanhamento são: as crises de refugiados e de migração, o desenvolvimento socioeconómico, a luta contra a corrupção, os direitos fundamentais, os direitos e a coexistência de diferentes minorias, a liberdade de expressão, o Estado de direito e o diálogo social.

O Fórum da Sociedade Civil dos Balcãs Ocidentais [The Western Balkans Civil Society Forum]

O Fórum da Sociedade Civil dos Balcãs Ocidentais é realizado de dois em dois anos num dos países da região. Os temas abordados estão em consonância com as prioridades do Comité de Acompanhamento para os Balcãs Ocidentais. O Fórum, que reúne um número considerável de organizações da sociedade civil, incluindo participantes de alto nível das instituições da UE e da região, promove o diálogo com a sociedade civil e a cooperação regional. No final de cada Fórum, é adotada uma declaração que contém recomendações concretas destinadas aos governos dos países dos Balcãs Ocidentais, bem como às instituições da UE.