Categoria da Vida Associativa

This page is also available in

A Categoria da Vida Associativa é composta por membros provenientes de organizações envolvidas na vida associativa, a nível nacional e/ou europeu, e representantes de fundações, associações, ONG e outros tipos de associações ligadas à promoção do Estado de direito, da livre circulação de pessoas, bem como à proteção das liberdades cívicas e dos direitos humanos. Num momento em que a liberdade de associação está a ser posta em causa e, de um modo mais geral, as organizações envolvidas na vida associativa devem passar a uma etapa superior para preservar a sua liberdade e a independência, os membros desta categoria têm a intenção de propor, ao nível do CESE, pistas de reflexão e políticas públicas para ajudar a relançar a sociedade civil europeia.

O termo «vida associativa» evoca o papel de mediação desempenhado pelos organismos intermediários entre o indivíduo e o Estado, garante do interesse geral, e os seus valores fundamentais de respeito mútuo e de altruísmo, que têm por corolário o pluralismo e o benefício social.

As organizações envolvidas na vida associativa refletem a grande diversidade de interesses e de identidades que se manifestam no seio da sociedade contemporânea e tem por missão promover a criação de condições para um verdadeiro diálogo civil. Face ao quadro sombrio de um ambiente cada vez mais marcado pela intolerância, a injustiça social e a contração dos espaços cívicos, a perspetiva de reforçar a sociedade civil deixa entrever uma réstia de esperança.

O secretariado da categoria é assegurado pelo Grupo Diversidade Europa (Grupo III).