Um em quatro agregados familiares na União Europeia não tem meios financeiros suficientes para aquecer, arrefecer ou iluminar devidamente a sua casa. O que significa isto para os cidadãos europeus e, em especial, para os que dispõem de menos recursos? Este episódio d'«A perspetiva dos cidadãos» analisa o impacto da crise energética na nossa vida quotidiana. Com Elena Mastantuono (CESE), Sonja Van Renssen (Energy Monitor), Sabrina Iannazzone (Rede Europeia Antipobreza) e Thomas Dorget (Confrontations Europe).

Um em quatro agregados familiares na União Europeia não tem meios financeiros suficientes para aquecer, arrefecer ou iluminar devidamente a sua casa. O que significa isto para os cidadãos europeus e, em especial, para os que dispõem de menos recursos? Este episódio d'«A perspetiva dos cidadãos» analisa o i...Ler menos

Um em quatro agregados familiares na União Europeia não tem meios financeiros suficientes para aquecer, arrefecer ou iluminar devidamente a sua casa. O que significa isto para os cidadãos europeus e, em especial, para os que dispõem de menos recursos? Este episódio d'«A perspetiva dos cidadãos» analisa o impacto da crise energética na nossa vida quotidiana. Com Elena Mastantuono (CESE), Sonja Van Renssen (Energy Monitor), Sabrina Iannazzone (Rede Europeia Antipobreza) e Thomas Dorget (Confrontations Europe). (tk)

Ler mais