CESE: Grupo dos Empregadores, Grupo dos Trabalhadores e Grupo Diversidade Europa escolhem novos líderes

Os três grupos de interesse que compõem o CESE elegeram os seus novos presidentes no primeiro dia da reunião plenária inaugural do novo mandato do Comité Económico e Social Europeu.

Os novos presidentes de grupo são:

  • Stefano Mallia do Grupo dos Empregadores;
  • Oliver Röpke do Grupo dos Trabalhadores;
  • Séamus Boland do Grupo Diversidade Europa.

O seu mandato é de dois anos e meio e decorrerá até 2023.

A votação teve lugar durante as reuniões constitutivas dos grupos realizadas à margem da Plenária.

Stefano Mallia é membro do CESE desde 2010. O objetivo principal da sua presidência do Grupo dos Empregadores do CESE será ajudar as empresas a sobreviver à crise da COVID-19 e viabilizar uma recuperação que aproveite os ensinamentos das duras lições dos últimos meses. Outras prioridades incluirão a transição para uma economia mais limpa, que se deve realizar de forma economicamente sustentável, e a digitalização. Stefano Mallia sublinha que o CESE e o Grupo dos Empregadores têm de ser um parceiro natural das outras instituições da UE nos debates sobre a economia europeia. Stefano Mallia é sócio da empresa de consultoria empresarial e análise económica EMCS e antigo presidente da Câmara do Comércio, Empresas e Indústria de Malta. A sua área de especialização são os fundos estruturais da UE e o financiamento às PME.

Oliver Röpke foi reconduzido no cargo de presidente do grupo, tendo já assumido estas funções a meio do anterior mandato para substituir Gabriele Bischoff, eleita deputada ao Parlamento Europeu em 2019. Membro da Confederação dos Sindicatos Austríacos (ÖGB), que representa na comissão executiva da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), está ao serviço do CESE desde 2009, tendo sido relator de pareceres sobre questões sociais fundamentais como salários mínimos dignos e normas mínimas comuns no domínio das prestações de desemprego. Oliver Röpke está empenhado numa estratégia de reconstrução e recuperação social forte da UE para contrariar o impacto da COVID-19, colocando a ênfase na solidariedade e numa agenda social marcada por medidas de proteção dos direitos dos trabalhadores.

A pobreza e o papel das organizações da sociedade civil para a combater serão o enfoque do primeiro mandato de Séamus Boland na qualidade de presidente do Grupo Diversidade Europa, que reúne várias organizações da sociedade civil. O novo presidente deseja enquadrar esta questão no contexto mais vasto do Pacto Ecológico Europeu e do impacto da COVID-19 na sociedade. Agricultor e interveniente da sociedade civil desde há muito, Séamus Boland é o diretor executivo da Irish Rural Link (rede irlandesa de pessoas coletivas e singulares em defesa do desenvolvimento rural sustentável), membro do conselho de administração da Inland Fisheries Ireland (agência responsável pela gestão das pescas em águas interiores na Irlanda) e presidente do Peatlands Council (organismo para a preservação das turfeiras). É membro do CESE desde 2011, tendo sido relator de vários pareceres do CESE relacionados com a agricultura, o desenvolvimento rural, a energia, os assuntos sociais e o Brexit.

Para mais informações, consultar as páginas Web dos grupos:

Stefano Mallia assume a função de presidente do Grupo dos Empregadores do CESE

Oliver Röpke continuará a assegurar a presidência do Grupo dos Trabalhadores no novo mandato do CESE

Irlandês Séamus Boland é o novo presidente do Grupo Diversidade Europa do CESE