Economia circular

This page is also available in

A transição para a economia circular ocupa um lugar cimeiro na ordem do dia do CESE enquanto solução para lutar contra a crise climática e proteger o planeta. Constitui ao mesmo tempo uma excelente oportunidade para a sociedade civil, pois pode contribuir para:

  • aumentar a competitividade da indústria europeia;
  • promover o crescimento económico sustentável;
  • criar novos postos de trabalho.

O modelo de produção e consumo linear, baseado no princípio «produz-utiliza-deita fora», que ainda domina a nossa economia não só resulta no desperdício de recursos como também prejudica a luta contra as alterações climáticas. Ao contrário da economia linear, a economia circular assenta numa conceção regenerativa e restauradora centrada na criação e retenção de valor económico, o que permite enfrentar os desafios ambientais a nível mundial, como as alterações climáticas, a perda de biodiversidade e a poluição, colhendo ao mesmo tempo benefícios económicos.

A boa notícia é que a transição para a economia circular já está em marcha no terreno. A nível local e regional, existem inúmeras iniciativas circulares concebidas e executadas pelas partes interessadas da sociedade civil, nomeadamente empresas, sindicatos, universidades e comunidades de conhecimento, organizações de juventude, ONG e outros grupos de interesses. A Europa tem a sua melhor oportunidade para acelerar a transição para a economia circular atuando como catalisador das soluções circulares das partes interessadas pertinentes e do seu papel de liderança neste processo.

Neste sentido, em 2017, o CESE e a Comissão Europeia criaram em conjunto a Plataforma Europeia das Partes Interessadas da Economia Circular, que visa reunir a comunidade da economia circular na Europa. Esta plataforma, dinamizada pelas partes interessadas, apoia a transição europeia para a economia circular promovendo o diálogo, partilhando conhecimentos e fazendo o intercâmbio de boas práticas entre os vários intervenientes.

Displaying 1 - 8 of 8
10/02/2021
News

An interview with Maria Nikolopoulou, member of the European Economic and Social Committee (EESC) from the Workers' Group, representing the Spanish trade union Comisiones Obreras. She is currently one of the Vice Presidents of the NAT Bureau and member of the Steering Group of the European Circular Economy Stakeholder Platform.

24/07/2020
News

The COVID-19 crisis has created the conditions for circular products and services to become the norm in Europe, says the EESC. In a recent opinion on the new EU Circular Economy Action Plan, the EESC urges lawmakers to ensure the circular economy finds a place and resources in the overall "greenprint" for Europe's recovery.

20/02/2018
News

Opening the Circular Economy Stakeholder Conference at the European Commission on February 20, the President of the European Economic and Social Committee, Georges Dassis, said: "the transition to a circular economy is a great opportunity for civil society. It is already happening on the ground. We can feel it from the commitment and involvement of our businesses, the many initiatives taking place at local and regional level, ...