EUROMED

This page is also available in

As relações entre a UE e os seus vizinhos meridionais constituem uma das prioridades do CESE. O trabalho realizado abrange um vasto leque de domínios, tais como a participação da sociedade civil no diálogo político e civil, a transição democrática, o emprego dos jovens, o desenvolvimento sustentável, a mobilidade e a imigração, o comércio, as energias renováveis e o desenvolvimento empresarial.

O CESE tem vindo a trabalhar nestas questões desde 1995. Na sequência de alterações ocorridas na região em 2010, os objetivos foram ajustados em conformidade, com o objetivo de:

  • Apoiar as organizações da sociedade civil nos países em fase de transição. Esse apoio visa, em particular, os sindicatos e as associações patronais, bem como as associações de mulheres, de jovens e de agricultores.
  • Manter relações bilaterais com os conselhos económicos e sociais nacionais na região e envidar esforços no sentido de criar condições para a inclusão da sociedade civil no diálogo político nos países meridionais parceiros.
  • Elaborar pareceres e relatórios conjuntos sobre os principais desafios com que a região está confrontada.
  • Realizar reuniões regulares com as instituições europeias e organizações internacionais para debater as políticas relativas à sociedade civil em toda a região.
  • Organizar anualmente uma cimeira dos conselhos económicos e sociais e instituições similares, em que são apresentadas, aos responsáveis políticos dos governos nacionais e da UE, recomendações políticas sobre os principais desafios da região.
Displaying 1 - 3 of 3
Publication
6 pages

In November 1995, at the Euro-Mediterranean Conference in Barcelona, foreign affairs ministers of the EU and Mediterranean partner countries concluded a regional partnership, the aim of which was to establish a common area of peace and stability, create an area of shared prosperity, develop human resources, promote understanding between cultures and foster exchanges between civil societies.

Published in: 
2018
Publication
6 pages

In November 1995, at the Euro-Mediterranean Conference in Barcelona, foreign affairs ministers of the EU and Mediterranean partner countries concluded a regional partnership, the aim of which was to establish a common area of peace and stability, create an area of shared prosperity, develop human resources, promote understanding between cultures and foster exchanges between civil societies. The Barcelona process was born and provided the foundation for broader cooperation across the Mediterranean.

 

Published in: 
2014