América Latina e Caraíbas

This page is also available in

O CESE tem colaborado com organizações homólogas da América Latina e das Caraíbas desde a década de 1990. Vários pareceres do CESE incidiram sobre as relações com esta região, a nível regional, sub-regional e nacional. As prioridades do CESE incluem o desenvolvimento de organizações da sociedade civil, o desenvolvimento económico e social, a integração regional e a cooperação na esfera multilateral.

A nível regional, o CESE organiza encontros bienais entre representantes das organizações da sociedade civil da Europa, América Latina e Caraíbas, como um dos eventos preparatórios que antecedem a Cimeira UE-CELAC.

A nível sub-regional e nacional, foram criadas diversas estruturas permanentes: Em 2009, o CESE criou uma mesa-redonda da sociedade civil com o Conselho Económico e Social do Brasil, a fim de proporcionar um fórum para o diálogo e a cooperação contínua entre os representantes da sociedade civil brasileira e europeia. O Acordo de Associação UE-Chile atribuiu ao CESE um mandato para a criação de um Comité Consultivo Misto com o seu homólogo da sociedade civil chileno para acompanhar o acordo, que foi finalmente criado em 2016. No que respeita aos países da Comunidade Andina, o CESE participa no Grupo Consultivo Interno que acompanha o acordo de comércio livre UE-Colômbia, Peru e Equador. Participa Também no Comité Consultivo  CARIFORUM-UE que acompanha o Acordo de Parceria Económica CARIFORUM-UE. Foram estabelecidas relações permanentes com os homólogos institucionais do CESE no Mercosul (o Fórum Consultivo Económico e Social) e a América Central (o Comité Consultivo do Sistema de Integração da América Central).

Displaying 31 - 40 of 43

Pages

10/05/2012
Speaker
Staffan Nilsson
Organisation: 
EESC

The purpose of today's meeting is two-fold.
We thought it would be good if we, representatives from European organised civil society, would meet to exchange information about planned activities in Rio and to see how we could further foster our common values and positions throughout these diverse activities.
The second reason for today's meeting turns out to be very timely. Originally we had invited Timo Makela, Director of DG Environment, to give us a de-briefing on ongoing Rio negotiations in New York.

Downloads: 

Staffan Nilsson speech at BRICS meeting

Staffan Nilsson speech at BRICS meeting- afternoon session

27/04/2011
Speaker
Staffan Nilsson
Organisation: 
European Economic and Social Committee

Staffan Nilsson's Opening Speech at the EU Brazil Round Table Brasilia

Downloads: 

Staffan Nilsson's Opening Speech at the EU Brazil Round Table Brasilia

Pages