Presidência finlandesa da UE apresenta programa assente na sustentabilidade e no bem-estar

A reunião plenária de 18 de julho do Comité Económico e Social Europeu (CESE) contou com a presença da ministra dos Assuntos Sociais e da Saúde da Finlândia, Aino-Kaisa Pekonen, que apresentou o programa da Presidência finlandesa da UE. O programa inclui uma ênfase especial na sustentabilidade e no bem-estar dos cidadãos. Aino-Kaisa Pekonen destacou igualmente o reforço do Estado de direito e dos valores da UE entre as demais prioridades da Presidência. 

Ao anunciar a intervenção de Aino-Kaisa Pekonen, o presidente do CESE, Luca Jahier, referiu os desafios principais a enfrentar pela Presidência finlandesa da UE. «A execução da Agenda 2030», declarou Luca Jahier, «necessitará de uma abordagem abrangente que requer a resolução conjunta dos desafios económicos e sociais». Neste contexto, Aino-Kaisa Pekonen comunicou que «a Finlândia quer influenciar o futuro da UE, e esse futuro deve ser sustentável em termos sociais, económicos e ecológicos».

Assim, uma prioridade fundamental da Presidência finlandesa é a liderança da UE a nível mundial no âmbito da luta contra as alterações climáticas. Para tal, prevê chegar a acordo, até final de 2019, sobre os elementos principais de um plano de longo prazo que compromete a UE com a neutralidade climática, como solicitado pelo Conselho Europeu.

A Presidência finlandesa reforçará igualmente o diálogo não só com outros intervenientes a nível mundial, mas também no seio da UE com outras instituições e parceiros. «O diálogo com os parceiros sociais é uma das prioridades da Presidência finlandesa», concluiu Aino-Kaisa Pekonen. «O CESE desempenha um papel fundamental, e congratulamo-nos por elaborar pareceres essenciais que estão em consonância com as nossas propostas.» (dgf)