Caros leitores,

Enquanto nova vice-presidente do CESE responsável pela Comunicação, é para mim um prazer abrir esta edição especial do nosso boletim informativo dedicada à renovação intercalar dos mais altos cargos do CESE.

Na sua reunião plenária de abril, o CESE elegeu novos líderes para orientar os seus trabalhos ao longo dos próximos dois anos e meio, incluindo Luca Jahier como seu presidente. Neste suplemento, apresentamos os nomes e rostos que, nos trinta meses que se seguem, estarão incumbidos de representar a sociedade civil europeia ao mais alto nível e de exprimir os seus pontos de vista, contribuir com os seus conhecimentos especializados e dar voz às suas preocupações em Bruxelas.

Não será tarefa fácil, tendo em conta que se avizinham desafios de monta: as eleições europeias de 2019 serão um importante teste de resistência e a UE necessitará de todas as energias e sinergias que conseguir mobilizar para vencer as forças eurocéticas que têm vindo a ganhar um novo ímpeto desde a crise. Simultaneamente, será preciso negociar o acerto financeiro do divórcio com o Reino Unido e elaborar um novo Quadro Financeiro Plurianual para este novo cenário. Com efeito, não teremos mãos a medir.

Conforme poderá verificar mais adiante neste boletim, há muitas outras mulheres para além de mim a exercer funções na nova liderança. Espero que consigamos trazer novas perspetivas, novo vigor e soluções inovadoras para ajudar a enfrentar os inúmeros desafios na Europa, sem perder de vista a coesão social, que está no cerne das preocupações do CESE.

A comunicação será uma parte essencial do instrumentário da Europa. A nossa missão enquanto comunicadores neste contexto difícil será desenvolver uma contranarrativa que ilustre os verdadeiros resultados e pontos fortes da Europa e aplicá-la sistematicamente e com paciência, a fim de derrotar os eurocéticos no seu jogo de culpabilização.

Daremos o nosso melhor para estar à altura desta missão. Desejo a todos os colegas um período frutuoso de dois anos e meio ao serviço da sociedade civil europeia.

Isabel Caño Aguilar

Vice-presidente do CESE responsável pela Comunicação