Projetos provenientes de 27 países concorrem ao Prémio CESE para a Sociedade Civil 2018

#CivSocPrize @EU_EESC

O CESE recebeu 148 candidaturas para o seu prémio, que este ano distingue iniciativas inovadoras que promovem as identidades, os valores europeus e o património cultural na Europa

O Comité Económico e Social Europeu (CESE), a voz da sociedade civil organizada a nível europeu, lançou o prémio de 50 000 euros em junho. As candidaturas, que encerraram em 7 de setembro, atraíram candidatos de 27 Estados-Membros da UE, o que demonstra que o interesse da sociedade civil no prémio aumentou desde 2017, altura em que apenas estavam representados 20 países.

Com 24 projetos apresentados, a Itália destaca-se este ano com o maior número de participantes, seguindo-se a Alemanha e a Bélgica com 13 cada e a Grécia com 11.

As candidaturas serão avaliadas por um painel de 10 peritos e os candidatos selecionados deverão ser informados dos resultados até ao final de novembro. A cerimónia de entrega dos prémios realizar-se-á em 13 de dezembro de 2018, durante a reunião plenária do CESE, em Bruxelas.

O prémio será distribuído por um máximo de cinco vencedores.

O Prémio CESE para a Sociedade Civil está aberto a todas as organizações da sociedade civil, registadas oficialmente na União Europeia, que operem a nível local, nacional, regional ou europeu. Está igualmente aberto a pessoas a título individual.

Atualmente na sua décima edição, o Prémio CESE para a Sociedade Civil foi lançado pelo CESE para encorajar e recompensar iniciativas e realizações concretas de organizações da sociedade civil e/ou de cidadãos que tenham contribuído significativamente para promover os valores comuns que reforçam a coesão e a integração europeias.

Para mais informações sobre o prémio, consulte o sítio Web do CESE – Prémio CESE para a Sociedade Civil de 2018. (ll)