A Comissão Europeia apresentou recentemente uma nova proposta para promover a reparação de bens em vez da sua substituição, que se tornou a opção por sistema nos últimos anos. Este mês, o CESE apresentará as suas propostas para reforçar o «direito à reparação». Solicitámos a Thierry Libaert que explicasse o que o CESE solicita.

Thierry Libaert é o relator do parecer do CESE sobre este assunto e foi autor de um relatório pioneiro do CESE que, em 2013, colocou pela primeira vez a obsolescência programada no radar da UE. Algumas das suas propostas originais começam agora a ganhar forma.