Oliver Röpke assume a presidência do Grupo dos Trabalhadores do CESE

Pelo Grupo dos Trabalhadores do CESE

Em 1 de março, Oliver Röpke assumiu a presidência do Grupo dos Trabalhadores do CESE, em substituição de Gabriele Bischoff, presidente do grupo desde outubro de 2015.

Ao longo do seu mandato, Gabriele Bischoff lutou pelo desenvolvimento, declaração e aplicação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, por uma UE que protege e capacita os seus cidadãos e por uma UE que produz resultados para muitos, e não apenas para alguns. Sempre foi e continuará a ser uma firme defensora do projeto europeu e dos valores fundamentais da Europa. O seu próximo projeto serão as eleições europeias de 2019. Gabriele Bischoff apresenta-se como candidata às eleições para o futuro Parlamento Europeu.

Tendo em vista os desafios atuais e futuros que a União Europeia enfrenta, nomeadamente os seus valores em geral e os trabalhadores em particular, Oliver Röpke pretende promover o papel do Comité, em especial o do Grupo dos Trabalhadores. Envidará esforços em prol de uma Europa mais próxima dos europeus – uma Europa que os defenda e que proteja os seus interesses. Oliver Röpke preconizará condições de vida e de trabalho justas e defenderá a causa dos trabalhadores. Consolidará os pontos fortes do Grupo dos Trabalhadores, nomeadamente a capacidade dos seus membros de chegarem a consensos em benefício do objetivo comum, não obstante terem antecedentes sindicais diversos.

Ao longo de mais de 20 anos, Oliver Röpke trabalhou para a Confederação dos Sindicatos Austríacos (ÖGB) e respetivas organizações-membro em cargos de responsabilidade, primeiro a nível nacional e posteriormente em Bruxelas, sendo membro do Comité Executivo Federal da Áustria desde 2008. Desde 2001, representa igualmente a ÖGB no Comité Executivo da Confederação Europeia dos Sindicatos. (mg)